DOSE PUBLICITÁRIA

A Cultura da Propaganda na Boca das Pessoas.

Confira a composição dos nossos serviços, nossa programação e propositos.

CONTEÚDOS DA DOSE

Uma programação recheada de entretenimento com informação e opinião crítica

sobre o mundo da publicidade e comunicação.

LEIA A BULA

Antes de tomar a Dose Publicitária, conheça os princípios ativos

da nossa Missão, Visão, Valores e Proposito

ACHIEVEMENTS

We help our clients integrate, analyze, and use their data to improve their business.

150

GREAT PROJECTS

300

HAPPY CLIENTS

650

COFFEES DRUNK

1568

FACEBOOK LIKES

STRATEGY & CREATIVITY

Phasellus iaculis dolor nec urna nullam. Vivamus mattis blandit porttitor nullam.

BLOG PUBLICITÁRIO

We pride ourselves on bringing a fresh perspective and effective marketing to each project.

  • A Publicidade está na Nossa Programação


  • Seu Canal Aberto com a Popaganda


  • Um Novo Olhar Publicitário


  • A Cultura da Propaganda



    Nós somos Dose

    O Dose Publicitária surgiu para gerar entretenimento com conteúdo, a partir do que o mercado publicitário criou, cria e ainda pode criar. Aqui, a Publicidade é dose e o ponto de partida para conectarmos com quem gosta, critica, consome e trabalha com a criatividade e comunicação.

    Nossos conteúdos são divididos em "Capsulas" com doses de textos, vídeos e social para nosso público ser Bem-Dosado e ver/ler/provar as publicidades atuais, polêmicas, antigas, famosas e muito mais.

    O que queremos com tanta Dose?

    Ser um relevante canal de mídia e entretenimento que seja referência quando o assunto for falar sobre o que mercado criativo e da comunicação produz. Desde o calouro ao mais laureado publicitário, queremos ser a melhor Dose Publicitária para estar na boca do povo.

    E como somos Dose.

    Sem nenhum pingo de dúvida, acreditamos na criatividade e potencial criativo das pessoas. Não importa de onde ela venha ou quem crie todos tem sua dose de talento e inspiração. E se for dose mesmo, nós valorizamos.

    Aqui, a Publicidade é Dose para você.
  • O Retorno da Dose Publicitária



  • Como foi o Dia dos Namorados Nas redes sociais das Marcas 2017


    Caso ainda você ainda não saiba o dia dos namorados no Brasil que é em 12 de Junho, é coisa nossa, pois só nosso pais comemora nessa data.


    Uma exclusividade que foi criada pelo publicitário, Agripino da Costa Doria Neto, (pai de João Doria Jr, atual prefeito de São Paulo) em 1949, em campanha publicitária para loja A Exposição Clipper, localizada no Largo Santa Cecília, em São Paulo.

    Desde então, a data mexe muito com nossos corações e bolsos. E com as redes sociais, a data fia ainda mais emocionante, pois as marcas tem se aproveitado muito bem, para criar conteúdo e gerar conversa com as pessoas que navegam nas rede.

    Tiveram alguns erros, e outros acertos.

    Resolvi então, elencar abaixo algumas postagens que mais me chamaram a atenção, junto com minha dose de opinião. E claro, espero seu comentário.

    Lu, do Magazine Luiza, deu para mais de 150 no Tinder

    A Lu, persona virtual do Magazine Luiza, resolveu levar a sério o slogam do “vem ser feliz” da marca e criou um perfil no Tinder, aplicativo de relacionamento.


    Em tempos de amores e relaci onamentos virtuais, a Lu saiu marcando presença e território, dando Match para geral que cruzasse com ela. Tudo com segundas intenções, pois quem desse Match de volta, ela dava descontos para compras realizadas no aplicativo da loja. Resultado: mais de 150 mil matches da personagem com os usuários do Tinder.

    A ação, criada pela Spark, contou com ajuda de influenciadores do Twitter e instagram. Segundo o sie blue bus, Agência e anunciante comemoram os resultados da ação – o CTR bateu 5,5%, número 5 vezes maior que a taxa média da plataforma de relacionamentos, e o engajamento foi de 14%, duas vezes maior que a média do Tinder.

    Até a Match.com, empresa dona do Tinder, aderiu a brincadeira e deu match na Lu.

    Uma conversa mal dita entre namorada e o Flamenguista Apaixonado

    Uma ação do Esporte Interativo em sua fanpage, dividiu opiniões. A postagem simulava uma conversa entre um casal de namorados no WhatsApp.

    De um lado um homem apaixonado pelo flamengo, conversa com sua namorada, que fica lhe pedindo para perder alguns minutinhos do jogo, para ir na casa dela conversarem.

    No contexto, criar uma narrativa em que o homem fica se esquivando da namorada “chata” que quer atrapalhar seu entretenimento.



    Sabem quando a gente escreve algo no Whats, mas depois apaga e escreve outra coisa, pois julgamos que não soaria tão bem, e então enviamos outra mensagem?

    A inspiração do post foi baseada nisso, o namorado escreve algo que “gostaria realmente de falar para a namorada”, mas titubeia e acaba enviando outra, para não magoar a companheira.

    O problema são os textos que o namorado não enviou que incomodaram muita gente.



    Fontes:

    http://www.bluebus.com.br/lu-do-magazine-luiza-conseguiu-150-mil-matches-no-tinder-no-dia-dos-namorados/
  • Dia Dos Namorados No Brasil: Invenção de Um Publicitário, Pai de João Dória

    publicitário Agripino da Costa Doria Neto, (pai de João Doria Jr), que ajudou a instituior o dia 12 de junho como data exclusiva e oficila do dias dos namorados no Brasil

    O dia dos namorados aqui no Brasil poderia ser uma festa só, já que em quase todo mundo a data se comemora em 14 de fevereiro, dia São Valentin.



    Mas, em nosso carnaval os relacionamentos são, digamos, mais passageiros, por aqui, comemoramos em 12 de junho, véspera de Santo Antônio, conhecido por ter em seu portfólio de milagres, a graça de ser casamenteiro.


    Porém, apesar de parte de nossa população ter uma cultura católica, o dia dos namorados em 12 de junho foi motivado por nossa cultura consumista/capitalista, algo que sempre mexeu muito com nossos corações e bolsos.


    Tudo começou em junho de 1949, quando o publicitário Agripino da Costa Doria Neto, (pai de João Doria Jr, atual prefeito de São Paulo) criou com sua equipe uma campanha publicitária para loja A Exposição Clipper, localizada no Largo Santa Cecília, em São Paulo.



    O Desafio eo Briefing

    Os negócios não estavam indo bem para A Exposição Clipper e a empresa resolveu contratar uma agência publicitária, dando a ela a missão de criar novas estratégias para aquecer as vendas.





    A pesquisa e o Planejamento

    Entra em cena, Agripino, que viu que na época de junho, meio do ano, as vendas do comercio eram muito baixas, pois era um mês sem qualquer data comemorativa como dia das mães (maio), dia dos pais (julho).

    Com isso, o Pai de João Doria desenvolveu uma campanha completa com o apoio da Federação do Comércio.

    O conceito

    O dia 12 de junho foi escolhido como Dia dos Namorados, justamente por ser véspera da festa do de Santo Antônio, conhecido por ser um santo "casamenteiro", tradicionalmente seguido no nordeste do país, local de nascimento de Doria.

    E a campanha laçou não só os corações paulistanos, com o slogan “Não é só de beijos que se prova o amor”, como também trouxe para agência uma das coisas que os publicitários mais gostam de ganhar, além de muito dinheiro e status:

    Doria ganhou o prêmio de “agência do ano”.

    Abaixo, imagens e algumas peças de anúncios criados para campanha:





    Além disso, no ano seguinte, o 12 de junho passou a ser o Dia dos Namorados em todo o Brasil seguindo a tendência criada por ele em de São Paulo.

    Fontes:

    http://sao-paulo.estadao.com.br/blogs/edison-veiga/foi-sao-paulo-que-fez/

    http://www.editoracontexto.com.br/blog/por-que-no-brasil-o-dia-dos-namorados-e-em-junho/

    http://www.saopauloantiga.com.br/galpao-a-exposicao-clipper/

    http://brasileiros.com.br/2016/06/dia-dos-namorados-um-feriado-comercial-com-apelo-religioso/

    https://www.ideafixa.com/oldbutgold/quem-inventou-o-dia-dos-namorados



  • Saindo do Quadrado: Skol Continua Quebrando Esteriótipos de Comerciais de Cerveja


    SKOL lança filme com personagens reais para questionar estereótipos
    A cerveja Skol realmente não só está levando a sério a desconstrução simbólica dos estereótipos dos comerciais de cerveja, mas está expandindo esse novo universo e jeito de se vender cerveja.

    Depois de ter chamado artistas plásticas para ressignificar os antigos anúncios da marca, que como tantas outras, usavam mulheres seminuas como apelo visual e fálico para atingir o suposto único público alvo, os homens, agora a marca propôs uma ação para questionar alguns estereótipos da sociedade.


    Não parece comercial de Cerveja, mas é

    Sem roteiro definido e sem saber que estavam participando de uma campanha de cerveja, pessoas com os mais diversos perfis foram selecionadas para participar da experiência social promovida pela marca.

    Três grupos de cinco pessoas foram desafiados a descrever como eram os donos de objetos deixados em uma sala.

    A exemplo, se você visse um novelo de lã e uma agulha de tricô, seria provavel afirmar que pertencia a uma velha senhora, como uma daquelas vovôs que sempre vimos sendo representada em programas de tv ou cinema.


    Para surpresa, O dono das agulhas é Thiago Rezende, 35 anos, artista plástico.



    Além do Thiago, foram escolhidos outros dois personagens reais para desmistificarem padrões. O iluminador cênico, Renato Lopes, de 32 anos, que nas horas livres é dançarino de Lindy Hop, um estilo de dança do século 20 e o químico, Luiz Giácomo, de 74 anos, campeão mundial de Patinação de Velocidade.

    O conceito é quebrar conceitos

    A proposta do filme é mostrar como todos ainda tiram conclusões precipitadas ao se deparar com elementos que supostamente definem um estereótipo. E como nos surpreendermos ao perceber que ainda vivemos dentro do clichê de que quem vê objeto, ou rosto, não vê nem alma e nem coração.



    “Temos convidado pessoas, de diferentes formas, a quebrarem padrões e experimentarem a viver uma vida com mais respeito e sem estereótipos. Mas, como sempre, queríamos ir além e mostrar como tiramos conclusões rápidas à primeira vista. Acreditamos que abrir cada vez mais frentes de diálogo é a melhor forma de mudarmos essa forma antiga de ver o mundo e passar a enxerga-lo de verdade. E essa é uma transformação que estamos incentivando de dentro para fora em SKOL”, comenta Maria Fernanda de Albuquerque, diretora de marketing de SKOL.

    A série, criada pela F/Nazca Saatchi & Saatchi junto com a produtora Prodigo Films e dirigida por Daniel Klajmic, faz parte da campanha Redondo é sair do seu Quadrado, que desde o início do ano tem provocado o público a abrir o olhar para novas perspectivas, sempre tendo o respeito como principal bandeira.


    “Sair do quadrado para SKOL, é mostrar que não existe idade, padrão, maneira ou hábito certo para ser quem você é e curtir isso da melhor forma possível.  Não dá para colocar ninguém em um quadrado. Se deixe surpreender também", completa Maria Fernanda.

    Dose de opinião

    Se você é daqueles que pensa em criticar esse posicionamento da Skol e de tantas outras marcas, argumentando que querem mudar o jeito de vender cerveja. Que propaganda de cerveja Boa, para ser a número 1, tem que ter verão, mulher gostosa, de biquine, sensual e que para bom entendedor, uma virilha de mulher basta, saiba que, no passado, o uso desses tipos de apelos para venda de cerveja nunca tiveram uma justificativa plausível.

    Quem fazia assim, apenas se valia de que o Brasil sempre foi um pais tropical, abençoado por Deus e com mulheres bonitas por natureza.

    Talvez isso sirva como boa música para os ouvidos, mas o fato é que esse tipo de estratégia foi muito mais no sentido de criar hábito baseado na opinião particular de um dono de agência.

    Se esta nova maneira de vender cerveja vai pegar, no sentido de vender mais, precisaria fazer uma análise mais profunda. Fato é que esta é uma tendência da publicidade, de rever seus conceitos e estereótipos que ela mesmo criou e cria.

    O melhor mesmo, é deixarmos de ser tão quadrados.

    Que tal também questionar: cerveja só se toma na mesa do bar?

    Com informações da assessoria de imprensa

    Ficha técnica:


    AGÊNCIA: F/Nazca Saatchi & Saatchi
    CLIENTE: Ambev
    PRODUTO: Skol
    TÍTULO: Quem é essa pessoa
    DIREÇÃO GERAL DE CRIAÇÃO: Fabio Fernandes
    DIREÇÃO DE CRIAÇÃO:  Theo Rocha | Toni Fernandes | Leonardo Claret
    CRIAÇÃO: Charles Faria | Andre Fukumoto | Theo Rocha | Leonardo Claret
    ATENDIMENTO: Ricardo Forli | Thiago Iusim | Marcela Paiva | Julia Marquezi | Tathiana Sacco
    MÍDIA: Mauricio Almeida | Thiago Custódio | Amaury Magalhães | Eric Zanelli | Juliana Roque | Gustavo Masson
    PLANEJAMENTO: Danilo Lima | Quentin Mahe | Murilo Toda
    DIREÇÃO DE PRODUÇÃO INTEGRADA: Juliana Hasegawa
    RTVC: Giuliano Enrico Springhetti
    PRODUTORA DE FILME: Prodigo Films
    DIREÇÃO: Daniel Klajmic
    PRODUTOR EXECUTIVO: Francesco Civita
    COORDENAÇÃO DE PRODUÇÃO: Gregory Bogossian | Nathalie Gautier
    EQUIPE DE COORDENAÇÃO: Karla Fernandes | Fabiana Baptista | Nathalia Trindade | Tatiana Sato | Lucas Pereira
    ATENDIMENTO PRODUTORA: Chico Pedreira | Vivian Sader
    ASSISTENTE DE ATENDIMENTO: Jay Leonel
    ASSISTENTE DE DIREÇÃO: Flavia Meszberg
    DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA: Daniel Klajmic
    DIRETOR DE ARTE:  Andres Zarza
    COORDENAÇÃO DE PÓS-PRODUÇÃO: Tutu Mesquita
    ASSISTENTE DE PÓS: Bel Wallis | Everson Martins
    MONTAGEM: André Dias | AMC
    PÓS-PRODUÇÃO: Prodigo Films
    FINALIZADOR: Georges Sakamoto
    FINALIZAÇÃO: Prodigo Films
    PRODUTORA DE SOM: Loud
    TRILHA: Equipe Loud
    DIREÇÃO MUSICAL: Equipe Loud 
    ATENDIMENTO: Ludmila Stempniewski
    APROVAÇÃO CLIENTE: Paula Lindenberg | Maria Fernanda Albuquerque| Daniel Feitoza | Kim Moraes
  • O Segredo da Batata Show no Cone que ressucitou Mauricio Mattar | #DropsPublicitario


    O Segredo da Batata Show no Cone que ressucitou Mauricio Mattar Comercial estrelado pelo ator e cantor Mauricio Mattar Bombou nesta quinta-feira (13) logo depois da divertida página O Brasil Que Deu Certo compartilhar.

    Um exemplo de propaganda tosca que acaba revertendo algum resultado, no caso a grande alta de visualizações do video e por ter levado mais pessoas a conhecerem a tal iguaria, criada em 2014 pela rede de franquias Batata Show no Cone.

     

    O que disse a Batata Show?

    A internet, lugar onde a zueira never ends, tudo foi levado no "bom humor", e diversos memes e remixes tem sido feitos com o comercial das Batatas Show no Cone.

    Uma exposição que tem sido considerada positiva, pois muitos defendem essa tese usando como argumento a essencia da expressão popular "Bem ou mau, falem de mim".

    Em depoimento ao site da Veja São Paulo, Junior Balbo, 27 anos, um dos donos da marca Batata Show comentou que “Nós contratamos uma empresa de marketing e eles recomendaram o Maurício Mattar”, “Talvez tenha alguma crítica, mas toda publicidade é positiva”.

    Pois é, como publicitário, fico pensando como outros colegas de profissão e agências se sentem ao ver algo assim ser considerado relevante pela massa até mesmo pelo cliente.




     

    Quem criou o comercial da Batata Show?

    Mas, afinal que empresa de marketing foi capaz de ter uma ideia dessa para um comercial assim?

    Não precisei pesquisar muito para descobrir que a propaganda das Batatas Show, que ressucitou o ex-ator global e cantor Mauricio Mattar, foi postada em 10 de nov de 2016 no canal do You Tube da JPS Phoenix, produtora musical e artistica que tem como um dos sócios o Maestro José Paulo Soares, conhecido como Maestro Pica-Pau e que lidera a banda que toca no progama do Ratinho no SBT.


    No detalhe, Mestro José Pulo Soares, o Maestro Pica-Pau do programa do Ratinho

    No site da JPS eles se vendem como uma empresa que prestam serviços de edição de videos, design e fotos. No portifólio de clientes, além de diversos depoimentos de artistas e clebridades, eles possuem diversos videos de negócios, comerciais e videoclips de bandas.

    Muitas até com uma produção artistica e conceitual razoavelmente bem feitas.

    No entanto, existem outras perolas como esta aqui, criada para divulgar a rede de quadras esportivas Arena Soccer Grass Neymar Jr.

    Sim, o crack da seleção Brasileira de futebol tambem entrou nessa, mas como um boneco de papelão e uma versão em jingle do clássico O Guarany de Carlos Gomes e que é tocada em violino pelo proprio Maestro Pica-Pau.

    Tenho certeza que o hit desse jingle vai embalar os chicletes musicais que atazanam nossa mente: Tô,Tô,Tô,Tô na Arena!




    Mas afinal, qual o problema desse "comercial"?

    Muitos advogam que "todo trabalho é dgno" e que as chacotas e maldizeres por parte do público da internet trata-se de pura maldade.

    Os donos da batata show foram muito inteligentes em trazer essa deliciosa iguaria muito comum em países da europa como Belgica e Holanda. 

    E com a visão de negócios, perceberam que, apesar de este produto não existir no Brasil, sacaram que o publico brasileiro poderia ser bem receptivo a novidade.

    Afinal, quem nunca se deliciou com as gordurosas batas fritas vendidas em frente a faculdades, por exemplo.

    Sem falar que, segundo o proprio site da  empresa, eles possuem mais de 90 anos no mercado de batatas.

    Para ajudar a divulgar o produto, a empresa investiu na criação de um site, muito bem feito por sinal, e tambem em conteúdo jornalistico, tornando-se um matéria em video de um telejornal que explicou de cabo a rabo toda história de sucesso por trás da batata:




    O que quero dizer com tudo isso?

    Quando você analisa e compara essas duas estratégias, causa uma certa incomgruencia, estranheza. Nem parece que se trata da mesma empresa, tradiconal, conceituada e que teve todo cuidado estratégico necessário para divulgar o produto.

    E o Mauricio Mattar, o que falou sobre a Batata Show?

    Mesmo longe dos holofotes da mídia, Mauricio Mattar tem investido em sua carreira como cantor que é acessorada pela produtora musical Music Buzz. Seu último trabalho como ator foi em 2013 na novela Dona Xepa, da Record.

    PS: Sempre escutei que a expressão "bater uma Xepa" seria algo como matar a fome.

    Até o momento que postei esta matéria, não vi nehuma manifestação do Mauricio em suas redes oficiais. Talvez ele nem está se dando conta, ainda, da repersução da peça, pois como disse, o famigerado comercial da Batata Show foi postado em 2016 e só bombou agora na internet.

    Agora, será que ele, a equipe da Music Buzz e seus acessores consideraram positivo essa associação que tem sido feita com o Mauricio?

    Eu gostaria muito de ver o depoimento do Mauricio e tentar entender o motivo que o levou a ceitar fazer este comercial.

    E se ele mesmo está levando na esportiva e se matando de rir ou quer mesmo se matar de vergonha. Vamos esperar. Caso aconteça, atualizo a postagem.


    Fontes:

    https://www.facebook.com/obrasilquedeucerto/

    http://vejasp.abril.com.br/blog/pop/propaganda-de-batata-com-mauricio-mattar-repercute-nas-redes/

    http://www.administradores.com.br/noticias/marketing/este-comercial-com-mauricio-mattar-nao-e-uma-piada/118308/

    https://bahianoar.com/comercial-com-mauricio-mattar-vendendo-batata-frita-vira-piada-na-internet/

    http://geekpublicitario.com.br/19571/comercial-batata-show-mauricio-mattar/

    http://revistapegn.globo.com/Franquias/noticia/2017/04/mauricio-mattar-grava-video-para-franquia-e-viraliza-nas-redes.html

    https://www.batatashownocone.com.br/
  • Habibs Mostra Sua Propaganda da Cidade Linda com mais Pixação



    A rede Habib’s tem mostrado em suas propagandas e comecias que sabe muito bem surfar na onda das polêmicas politicas, transformando em oportunidade de agregar valor a seu discurso e marca.

    A ultima boa presepada dos árabes portugueses foi criar um comercial em que o tema é o embate entre pixadores e a postura do prefeito Dória de reprimir pixadores e apagar muros pixados e grafitados por meio do programa Cidade Linda.


    Assim como quando a NetFlix pixou o metrô para divulgar a a estéia da série brasileira 3%.

    Cliente: Habib´s
    Peça 2 e Leve 3
    Agência: Publicis
    Ano: Jan/2017

     

    O video do Habib´s reproduz todo clima e ritual do pixador, que sai a noite a procura de um muro para vandalizar escrever sua mensagem. No rair do dia, surge o funcionário da prefeitura passando rolo e depredando apagando com tinta cinza a obra do artista marginal.

    A sacada criativa foi o Habibis "pixar" esse contexto e resignificar tudo preenchendo com sua mensagem de venda: "Mais Kibe e Pastel, Por favor" e o funcionário apagando foi o gancho para avisar "Mas Corra, antes que acabe".

    Uma apropriação cultural da propaganda que atropelou toda discução. E que ótimo que isso aconteceu.

    A pixação é mais um dos temas que entram no tacho de assuntos que dividem as pessoas, principalmente nas turbulentas ondas das redes sociais.

    Se por um lado, há quem defenda que pixação é arte, forma de expressão, do outro apenas sentencia que pixador não passa de vagabundo, vandalo que merece punição.

    Equanto isso, a propaganda mostra saber chegar a sua propria solução do problema. Tome kibe na nossa cara de pastel.







  • F/Nazca Saatchi & Saatchi cria campanha global para D&AD Next Awards


    Pelo segundo ano consecutivo, a F/Nazca Saatchi & Saatchi assina uma campanha para o D&AD. Intitulada “Every pixel counts”, a comunicação divulga a terceira edição do “Next Awards”, competição que busca consagrar novos diretores de cena e fotógrafos no mercado.

    Composta por seis peças, a campanha reforça a importância do craft e dos pequenos detalhes na criação de uma obra prima. Pedro Prado, diretor de criação da F/Nazca Saatchi & Saatchi e um dos responsáveis pela campanha que divulgará o festival internacionalmente, afirma que "O cuidado com que o D&AD julga e premia trabalhos do mundo todo, reflete essa ideia: cada mínimo detalhe importa. Para um grande trabalho nascer, é preciso ter esse olhar sensível e, ao mesmo tempo, obcecado pela perfeição”.

    “E para criar um paralelo entre grandiosidade e detalhe, não precisamos ir além do óbvio no universo das imagens: o pixel” revela o diretor de arte e também diretor de criação da campanha, Rodrigo Castellari.

    Tim Lindsay, CEO do D&AD, completa: “O The Next Awards é sobre as pessoas por de trás de um trabalho. Queremos achar os novos talentos da fotografia e do cinema, e ter certeza de que o mercado todo saiba quem eles são”.







     AGÊNCIA: F/Nazca Saatchi & Saatchi
    CLIENTE: D&AD
    PRODUTO: D&AD Next Awards 
    TÍTULO: Every pixel counts
    DIREÇÃO GERAL DE CRIAÇÃO: Fabio Fernandes
    DIREÇÃO DE CRIAÇÃO: Pedro Prado | Rodrigo Castellari
    CRIAÇÃO: Pedro Prado | Rodrigo Castellari
    ATENDIMENTO: Ricardo Forli | Thiago Iusim
    PRODUÇÃO GRÁFICA: Jomar Farias | Leandro Ferreira
    APROVAÇÃO CLIENTE: Stephanie Gilks | Pablo Brandão

    Texto da assessoria
  • STRATEGY & CREATIVITY

    Phasellus iaculis dolor nec urna nullam. Vivamus mattis blandit porttitor nullam.

    WHAT WE DO

    We've been developing corporate tailored services for clients for 30 years.

    FALE COM A DOSE

    For enquiries you can contact us in several different ways. Contact details are below.

    Dose Publicitária

    • Street :Road Street 00
    • Person :Person
    • Phone :+045 123 755 755
    • Country :POLAND
    • Email :contact@heaven.com

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.

    Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation.