• É o fim dos Comerciais? Chega de Publicidade de Interrupção



    Confira nossas doses de solução contra um Mundo das publicidades e Propagandas que só interrompem nossos momentos de entretenimento e diversão; comercial chato está com os dias contados.
      
    No primeiro Programa Dose Publicitária você será bem dosado para saber e espalhar agora, que o fim dos comerciais chegou.

    A publicidade faz parte do cotidiano de todos, seja quem gosta, quem trabalha ou quem assiste propaganda.

    A boa propaganda, é aquela que nos vende um produto, ideia ou serviço contando uma boa história, dessas que assim a gente vê, já quer comentar e compartilhar com os amigos da agência, da escola, da faculdade, em casa, nas redes sociais ou no bate papo na mesa de bar.

    Ei, você já viu aquele comercial chato onde?


    As propagandas chatas, que só interrompem nosso momento de lazer e entretenimento podem estar em todos os espaços.

    Nas redes sociais, ninguém curte ver entre as publicações de nossos amigos, um anúncio roubando nossa atenção para vender um produto qualquer goela abaixo.

    Sem falar nos popups que pipocam do nada, poluindo a tela do computador quando acessamos algum site.

    Quando vou ao cinema, uma das coisas que mais gosto é conferir são os trailers ante do filme.
    Agora, imagina como me sinto quando vejo no lugar aquele mesmo comercial chato que evito assistir na tv ou internet, em tela grande, sem opção de pular o anúncio ou trocar o canal.

    Para quem assina alguma revista, uma das reclamações mais recorrentes é que há mais folhas dedicadas a propagandas do que conteúdo.

    O pior é que pagamos para ver anúncios de baixa qualidade, feitos só para ocupar espaço, sem relevância alguma com a linha editorial.

    Só de escutar no rádio, um Spot comercial entediante, atrapalhando a boa música para nossos ouvidos, a vontade é tacar longe o aparelho.

    Mas como hoje se escuta rádio pelo celular, essa atitude pode custar caro o melhor é trocar de estação ou baixar o Spotfy. Que não seja gratuito.

    O Início da Publicidade com Entretenimento

    José Bonifácio de Oliveira Sobrinho ou simplesmente Boni, foi um dos profissionais da comunicação que mais contribuiu para as propagandas brasileira buscassem ser mais relevantes, seguindo a mesma linguagem do entretenimento.

    Como publicitário e empresário da televisão, o poder de influência de Boni foi fundamental para que as agências de publicidade criassem comerciais com roteiro e enredo que contassem uma história para serem veiculados nos intervalos das novelas.

    Dessa forma a publicidade passou a ser um complemento ao entretenimento oferecido pelas emissoras.

    Um dos exemplos mais marcantes, foi o premiado comercial “MeuPrimeiro Sutião”, criado pelo publicitário Washington Olivetto.

    Adequação: a Melhor Chamada Para Boa Publicidade


    Um bom exemplo de publicidade que usou com inteligência e criatividade o espaço, foi a ação criada pela agência de publicidade Ogilvy Beijing para a Volkswagen em Hong Kong.

    Para chamar a atenção das pessoas sobre os perigos de mexer no celular enquanto dirige, foi simulado um trailer de um motorista dirigindo numa estrada.

    A cena se prolonga, e quando todos começaram a ficar entediados foi disparado um SMS para os celulares dos espectadores.

    Nesse momento, com as atenções voltadas para as telinhas, na telona o motorista bate o carro. Na sequência a mensagem “Um lembrete para mantermos os olhos na estrada”.



    Esse Conteúdo que Faz a Dose Publicitária


    Queremos um Mundo da Publicidade mais criativa, que valorize anúncios, vídeos, spots de rádio e formas de comunicação que falem a mesma língua do conteúdo e entretenimento que tanto gostamos de consumir.

    Queremos comerciais no youtube feitos para não pularmos e que durassem mais cinco segundos.

    Queremos assistir comercias no cinema que façam a gente imaginar bem que essa propaganda poderia virar um filme.

    Queremos ver postagens nas redes sociais que nos despertem boas as emoções para amarmos sempre curtir e compartilhar com todos nossos amigos.

    Queremos publicidades relevantes, que entrem para história.

    Queremos poder espalhar comerciais com ideias criativas para a publicidade voltar a estar na boca do povo. Viva a publicidade que vende com boa dose de entretenimento e diversão. Que esses comerciais não tenham mais fim.

    Espalhe agora nossa Dose Publicitária.
  • 0 comentários:

    Postar um comentário