• Youtuber Sofre Acidente de Carro Durante uma Live; Tudo Por uma Boa (e Impactante) Ação de Marketing


    Ashley Waxman Bakshi é uma famosa youtuber de moda em Israel. No dia 16 de dezembro de 2016 ela realizava uma transmissão ao vivo em seu canal no You Tube enquanto dirigia seu carro.

    Ao mesmo tempo que falava com seus fãs, também respondia mensagens em seu celular.

    Quando subitamente a live é ininterrompida de forma abrupta.
    Barulho de vidro estilhaçando-se e ferro. Ouve-se um grito. A tela fica preta.

    Ashley acabou de sofrer um acidente em seu carro, ao vivo para mais de 2.500 usuários, que atônitos, olhavam com horror e consternação, chocados com o que evidentemente ocorrera.

    Felizmente, tudo não passava de uma ação de conscientização de ong Or Yarok (a Associação para Dirigir com Segurança em Israel).

    Após 10 segundos do "suposto" acidente a youtuber reaparece para explicar tudo aos seus fãs e alerta-los sobre os perigos da condução distraída como falar ao celular enquanto dirige.


    A inusitada ação foi criada pela agência de publicidade BBR Saatchi & Saatchi em Tel Aviv e de acordo com a explicação da diretora de planejamento estratégico da campanha, Eva Hasson, o objetivo era atingir o publico mais jovem de uma forma que realmente causasse impacto o suficiente para que se conscientizassem sobre os perigos de se dirigir com distrações como a que foi simulada pela yutuber.

    Um objetivo que as mensagens publicitárias convencionais que alertam "não envie mensagens enquanto dirige" não alcançam, passam despercebidas por serem genericas demais e não se conectarem com a linguagem e meio que utilizam.

    No dia seguinte a ação, mais de 57.000 usuários assistiram o vídeo em diversas plataformas.
    Hasson diz que tanto os pais como os adolescentes têm, em geral, aprovado a técnica não convencional.

    "Ir longe demais significaria segurar os fãs e tirar todos os identificadores de que este era realmente um anúncio, como o logotipo e a mensagem", diz Hasson. "Deixando os fãs pendurados na beira de seus assentos por horas estaria indo ao mar. Por isso demos 10 segundos e voltou no ar com Ashley explicando o que tinha acontecido."

    Ela acrescenta: "A julgar pelos comentários das mães, este provavelmente foi apenas dentro dos limites da aceitável, mas uma lição bem entregue."

    E se essa ação fosse feita aqui no Brasil, será que seria bem aceita? Alcançaria o objetivo? Ou seri péssima ideia, pois de campanha de conscientização no transito já não basta uma que disse que Gente Boa Tambem Mata?

    Deise sua dose de opinião nos comentários.

    Ficha técnica:

    Chief Executive Officer: Yossi Lubaton
    Chief Creative Officer: Jonathan Lang
    VP Creative Director: Idan Regev
    Creative Director: Idan Levy
    Social & Digital Creative Director: Idan Kligerman
    Creative Team: Niv Herzberg & Evgeniy Utkin
    VP Client Services: Maya Salomon
    Account Executive: Shirley Konka
    VP Content & Production: Dorit Gvili
    Production Manager: Maya Palmon
    Creative Coordinator: Eva Hasson
    Video Editor: Dan Deutsch
    Traffic Director: Ronit Doanis
    Studio Manager: Yaron Keinan
    Graphic Designer: Yulia Zak
    Production Company: Go Live


    Fontes:

    http://www.adweek.com/adfreak/popular-vlogger-died-shocking-car-crash-live-youtube-or-did-she-175608

    https://www.youtube.com/watch?v=mohIpieYZH0
  • 0 comentários:

    Postar um comentário